Rio2C cria maratona de encontros virtuais durante a pandemia

Com a edição suspensa por conta da covid-19, maior evento de inovação e criatividade da América Latina cria iniciativa digital gratuita. O mercado editorial terá espaço na programação.

No ano passado, pelo Rio2C passaram mais de 25 mil pessoas | © Instagram do evento

No ano passado, a Rio2C reuniu mais de 25 mil pessoas que acompanharam 415 painéis e mais de 780 horas de conteúdo. Com esses números, se tornou um dos maiores eventos de inovação e criatividade da América Latina. A organização do evento estimou a geração de negócios na ordem de R$ 250 milhões nos seis dias de programação. Neste ano, o evento estava programado para acontecer entre os dias 5 e 10 de maio e tinha prevista uma área dedicada ao mercado editorial, a StoryVillage. O Rio2C teve que ser suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus.

Mas os organizadores não deixarão isso passar em branco. Desenvolveram uma iniciativa digital – o Rio2C @LIVE, para conectar os diversos setores da economia criativa e que começa, a partir do próximo dia 4 uma maratona de painéis gratuitos e uma série de reuniões de negócios virtuais para os mercados de audiovisual e de inovação.

“É importante ressaltar que o Rio2C @LIVE não foi criado para substituir o Rio2C presencial, cuja nova a data será anunciada tão logo tenhamos um panorama mais claro em relação à evolução da pandemia. A ideia da versão virtual é preencher essa lacuna em um momento no qual existe uma enorme demanda por conteúdo de qualidade”, afirma Rafael Lazarini, fundador do Rio2C.

A Rio2C @LIVE será exibida até o dia 8 de maio, pelo canal do evento no YouTube e terá 35 painéis com a participação de mais de 100 palestrantes. A programação completa está no site do evento.

A programação voltada para o mercado editorial tem a curadoria das editoras Martha Ribas, Ana Paula Costa e Camila Perlingeiro. Abrindo o StoryVillage virtual, acontece, no dia 4 de maio, às 10h, uma conversa entre o escritor chinês Cixin Liu com o brasileiro Ronaldo Lemos sobre o papel da ficção científica como uma conjugação entre ciência e capacidade de imaginação de cenários de futuro, partindo das premissas da premiada trilogia O Problema dos Três Corpos (Suma), escrita por Liu. A programação do mercado editorial terá ainda a participação de nomes como os dos escritores Lucas Silvestre, Raphael Montes e dos profissionais Chantal Restivo-Alessi (CEO da divisão internacional da HarperCollins), Raphael Secchin (Bibliomundi), Eduardo Albano (Ubook) e Rodrigo Machado (Catarse).

04 DE MAIO – SEGUNDA-FEIRA

10h às 10h45 – A narrativa do futuro: “O problema dos três corpos”

Escritor chinês e advogado brasileiro conversam sobre o papel da ficção científica como uma conjugação entre ciência e capacidade de imaginação de cenários de futuro, partindo das premissas da premiada trilogia O Problema dos Três Corpos.

Participantes

Cixin Liu, Autor, O Problema dos Três Corpos

Entrevista: Ronaldo Lemos, Cofundador e Diretor, Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS)

05 DE MAIO – TERÇA-FEIRA

10h às 10h45 – Pluriautores: a escrita em diferentes suportes

Autores que escrevem roteiros, podcasts ou audiodramas e que são referências da literatura falam sobre o papel do pluriautor como criador de conteúdo para diferentes formatos e plataformas.

Participantes:

Lusa Silvestre, Escritor e Roteirista

Raphael Montes, Escritor e Roteirista

Ray Tavares, Escritora e Roteirista

Moderação: Ruan de Sousa Gabriel, Jornalista

06 DE MAIO – QUARTA-FEIRA

10h às 10h45 – Como o mercado editorial se reorganiza online?

Em momento de pandemia e de uma crise econômica sem precedentes, o mercado editorial precisa se reinventar e buscar alternativas. Fundadores de duas plataformas digitais, Bibliomundi de e-books e Ubook de audiolivros, discutem sua visão e como as editoras estão se reorganizando digitalmente.

Participantes:

Raphael Secchin, CEO, Bibliomundi

Eduardo Albano, Co-fundador e Diretor de Conteúdo, Ubook

Moderação: Leonardo Neto, Jornalista, PublishNews

07 DE MAIO – QUINTA-FEIRA

10h às 10h45 – Financiamento coletivo: uma saída para a crise ou um novo modelo de negócios?

Cofundadores das principais plataformas de crowdfunding e consultor falam sobre como este mecanismo se tornou uma opção para idealizadores de todos os setores culturais, sobretudo em momentos de crise.

Participantes

Murilo Farah, Cofundador e CEO, Benfeitoria

Rodrigo Machado, Cofundador e CEO, Catarse

Moderação: Téo Benjamin, Consultor, Bando

08 DE MAIO – SEXTA-FEIRA

10h às 10h45 – O futuro do mercado editorial

Chantal Restivo-Alessi, Chief Digital Officer e CEO da divisão internacional da HarperCollins conversa com a editora Camila Perlingeiro sobre o futuro do livro. Como o mercado editorial está se estruturando em meio às mudanças impostas pela pandemia? O que mudou? Já podemos falar em tendências comportamentais após o isolamento?

Fonte: Publishnews